DEZEMBRO LARANJA

DEZEMBRO LARANJA

O “Dezembro Laranja” é uma campanha NACIONAL de conscientização a respeito da prevenção e cuidados do Câncer de Pele.

Proposta pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), desde 2014, devido à grande incidência da doença no país e no mundo.

Segundo pesquisas do INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER – INCA, o câncer de pele esse é o tipo de Câncer com mais casos no Brasil, seguido pelos de Mama e de Próstata.

Estima-se que para cada ano do triênio 2020/2022, sejam diagnosticados no Brasil 176.930 novos casos de câncer de pele. (INCA 06/02/2020)

Ivone Moser

O ANO INTEIRO DEVERIA SER LARANJA.

FAÇA DO SEU CONSULTÓRIO UM REPRESENTANTE DESTA CAMPANHA

É inadmissível que a estética seja praticada apenas para se alcançar a beleza.

Quando nossa profissão se conscientizar que existe um número muito grande de pessoas mutiladas todos os anos, especialmente na face, pescoço, nuca, cabeça, em consequência do câncer de pele, considerando que é um câncer não melanoma (95% de todas as lesões epiteliais no universo dos CA) que em sua maioria cresce a vista de todos, ao contrário dos outros tipos de canceres orgânicos que quando se manifestam, em sua maioria já estão em estágios avançados e incuráveis.

A observação física, o toque na pele, a anamnese, são fundamentais para o diagnóstico e o tratamento precoce.

Passamos boas horas com nossos clientes, realizando procedimentos estéticos, temos obrigação de conhecer, alertar e encaminhar ao dermatologista para que o diagnostico seja realizado.

CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO

Durante o mês de dezembro, os órgãos da Saúde em todo o país promovem uma série de ações para a população para levar informações sobre o Câncer de Pele

Também é comum que, durante o Dezembro Laranja, ocorram iniciativas de identificação precoce do Câncer, com postos reunindo médicos dermatologistas para exames gratuitos em todo Brasil

Portanto você que é profissional da estética, não hesite em encaminhar seu cliente ao dermatologista caso desconfie de uma lesão de pele, mesmo que não seja um câncer de pele.

A prevenção é tudo! Não se limite ao mês de dezembro.

As ações individuais, comunitárias, públicas ou privadas de conscientização ajudam a tornar as medidas de prevenção do Câncer de Pele mais conhecidas e, assim, reduzir os casos no médio e longo prazo. Afinal, a principal causa do desenvolvimento da doença é um fator que pode ser combatido: a exposição excessiva aos raios solares.

Não podemos mais fechar os olhos para essa campanha. É nosso dever participar!

O uso do FPS é recomendado a partir dos 6 meses de vida, quando nos expomos diretamente a radiação solar, mesmo em dias nublados. Estudos comprovam que as pessoas que fazem uso do FPS regularmente nos primeiros 18 anos de idade, tem 78% menos chance de desenvolver câncer de pele na vida adulta. (SBD)

O CÂNCER DE PELE

Os mais comuns de cânceres não melanomas são os carcinomas basocelulares e os espinocelulares.  Possuem baixa letalidade, mas grande incidência. 

Beleza não é só estética, é saúde.

Pessoas de pele clara, com sardas, cabelos claros ou ruivos e olhos claros e que se queimam com facilidade quando se expõem ao sol, com fotótipos I e II, têm mais risco de desenvolver a doença, porém não se descarta a possibilidade de manifestar-se em indivíduos negros ou de fotótipos mais altos, ainda que mais raramente. 

Além destes, os que possuem antecedentes familiares com histórico de câncer de pele, queimaduras solares, incapacidade para se bronzear também devem ter atenção e cuidados redobrados.

Portanto sua anamnese é fundamental, questionar, tocar, ampliar o foco, olhar a estética como saúde.

MEDIDAS DE PREVENÇÃO AO ALCANCE DA ESTÉTICA

Evitar a exposição excessiva ao sol nos horários entre 10 e 16 horas, manter a pele e o corpo sempre hidratados, proteger a pele com filtro solar e barreiras mecânicas dos efeitos da radiação Ultra Violeta A e B e luz visível, são as melhores estratégias para prevenir o câncer de pele, bem como o envelhecimento precoce e as hipercromias.

OS FAMOSOS PROTETORES SOLARES EM CÁPSULAS

Alguns Nutricêuticos orais são conhecidos como protetores solares orais, na verdade são poderosos antioxidantes que combatem o estresse oxidativo causados pelas radiações UVA, UVB e luzes azuis nas células da epiderme e estruturas dérmicas. Dessa forma atuam na redução do risco de doenças relacionadas a exposição solar e retardam o envelhecimento da pele. Os ativos mais famosos por estas ações são o Polypodium Leucotomos e o Pycnogenol. Sob a forma de cápsulas podem ser manipuladas a critério em relação a sua dosagem. Apesar destas substâncias não possuírem contraindicação, é preciso a orientação de um profissional habilitado para a prescrição oral dos Nutricêuticos, até mesmo para que o profissional avalie as necessidades individuais do cliente. Os mecanismos de ação destes compostos é múltiplo e apresenta excelentes efeitos antioxidantes, anti-inflamatórios e imunomoduladores.

E nunca se esqueça, mesmo com estas propriedades, estes ativos NUNCA substituirão o filtro solar de uso tópico.

COMO PODEMOS PREVENIR O CÂNCER DE PELE?

A prevenção do câncer de pele é uma atividade essencialmente promovida pelos profissionais da estética.

Recomendar o uso do filtro solar corretamente — protetores devem ser aplicados todos os dias, O fator de proteção solar (FPS) recomendado é de 30, pelo menos, mas pode ser maior a depender do tipo de pele; este FPS deve vir acompanhado do sistema de proteção UVA, chamado de PPD (Persistent Pigment Darkening), melhores ainda os filtro solares de são elaborados com antioxidantes e propriedades de barrar a luz visível. Mesmo em dias nublados, sempre que você estiver em ambientes abertos, deve-se usar o filtro solar nas áreas expostas ao sol. Manter bebês e crianças protegidos do sol. Filtros solares podem ser usados a partir dos seis meses.

Os protetores físicos, à base de dióxido de titânio e óxido de zinco, se depositam na camada mais superficial da pele, refletindo as radiações incidentes, protegem do UVA, UVB e luz visível.

1

Faça com que seu cliente invista em roupas e acessórios adequados — ao se expor ao sol, vale a pena utilizar acessórios como óculos escuros de qualidade, com lentes que ofereçam proteção a luz, bonés ou chapéus. Além disso, algumas roupas possuem seu tecido com propriedades de proteger da luz ultravioleta A e B e luz visível.

2

Explique ao seu cliente a importância da exposição ao sol com moderação — é importante tomar sol diariamente, mas prefira que essa exposição ocorra antes das 10h e após as 16h, evitando o intervalo com maior incidência de raios ultravioletas; o excesso é prejudicial a pele.

3

Conscientize seu cliente sobre os tipos de tecidos que formam barreiras para as radiações solares  — Na praia ou na piscina, usar barracas feitas de algodão ou lona, que absorvem 50% da radiação ultravioleta. As barracas de nylon formam uma barreira pouco confiável: 95% dos raios UV ultrapassam o material.

E você profissional ? Tenha atenção aos sintomas e sinais que seu cliente pode apresentar — observe a pele nos locais expostos ao sol e mesmo aqueles que não são expostos regularmente e, caso note sinais (nevos) novos ou que estão alterando seu tamanho, feridas de pequeno diâmetro que não cicatrizam e outras alterações, pequenas lesões ásperas que podem eventualmente sangrar, não hesite em procurar as clínicas

Qual é o melhor conselho que você pode dar ao seu cliente? — Aceite o tom da sua pele como ele é. Pele bonita é pele saudável. O bronzeado é perigoso.

Contato: 

(41) 88643848

 [email protected]

Política de Privacidade

Termos de uso

IVONE MOSER 2021 todos os direitos reservados